AGOSTO 2022: AS NOTÍCIAS VEGANAS QUE VOCÊ PRECISA SABER

Convidamos você à nossa seleção mensal das principais notícias veganas de agosto, para estar bem informado de forma fácil e em um só lugar.

Passe aqui para conferir as novidades, e se quiser saber quando voltar aqui para ler a seleção do próximo mês, fique ligada nas nossas redes sociais, você encontrará tudo o que precisa no nosso Instagram e no Facebook.

Se estas notícias inspirarem você a realizar uma mudança positiva na sua vida, lembre-se de que você pode experimentar uma alimentação à base de vegetais por um mês com o Veganuary gratuitamente.

Nós lhe daremos todo o suporte e recursos que você precisa gratuitamente.

Atletas veganos fazem história no esporte

Male athlete doing upper body work

Muito já se falou que quem não come carne e outros produtos animais fica fraco, mas a verdade é que essa balela cai por terra, dia após dia, e isso graças aos resultados de atletas veganos cuja performance surpreende mesmo se comparadas às de atletas omnívoros. Nos últimos dias, dois atletas provaram mais uma vez que força, empolgação e garra podem, sim, estar associadas ao veganismo. O belga Frans Claes conquistou seu terceiro título nacional de ciclismo depois de adotar uma dieta vegana, em 2009. Outra grata notícia dos esportes ficou por conta de outra atleta belga, Sahyuri Lalime, que bateu recorde em levantamento de peso no Western European Equipped & Classic PL Championships 2022, que aconteceu na França. Depois de muito treino e uma alimentação vegana balanceada, ela foi capaz de levantar 195 quilos no levantamento terra. Que orgulho!

Reprodução Instagram da BMW

BMW comercializará carros com interior vegano a partir de 2023

Entre as notícias veganas do mês de agosto, talvez a que mais tenha repercutido foi sobre a BMW, que não é boba nem nada, e já percebeu que para seguir sendo uma marca respeitável através dos anos, não basta apenas ter produtos de qualidade, mas também é preciso se posicionar em relação a sustentabilidade e ao meio ambiente. Por isso, se comprometeu em ser carbono neutro até 2050. A marca, que já vinha investindo em propulsão elétrica, anunciou recentemente, que também mudará o acabamento interior dos carros para materiais veganos. Com isso, a fabricante espera reduzir em 85% suas emissões trocando o couro por outros materiais veganos.

Reprodução do Instagram @HaarlemCityBlog

Cidade na Holanda baniu propagandas de carne

Haarlem, uma cidadezinha na Holanda com 160 mil habitantes, fez história ao tomar uma decisão inédita no mundo: banir propagandas de carne. A partir de 2024, a prefeitura se compremete a barrar os anúncios sobre carne em espaços públicos, e sabe por quê? Segundo o governo, a medida visa diminuir o impacto ambiental provocado pela carne. A iniciativa da medida nasceu do GroenLinks – partido político pela sustentabilidade –, e conseguiu um feito único no mundo ao enfrentrar o lobby da indústria da carne, que é claro, não se calou. A medida tem sido alvo de ataques de partidos de direita que argumentam que a cidade perderá na arrecadação de impostos de tais produtos publicitários. Só em 2024 saberemos, afinal, se a a iniciativa será mesmo colocada em prática.

People putting hands together

Número de veganos nos EUA cresceu 30 vezes em 15 anos

É uma pena que no Brasil não tenhamos números atualizados sobre a quantidade de vegetarianos e veganos que vivem no nosso país, e a gente fique bem informado apenas acompanhando as notícias veganas de agosto, mas sem dados mais aprofundados sobre o mercado brasileiro, por exemplo. Em países como os Estados Unidos, onde essa população é considerada um mercado importante, os números são promissores. Cerca de 10% da população de lá se auto-identifica como vegana. Esse número saiu de uma pesquisa de Soylent, que revelou, ainda, que o número de pessoas veganas cresceu 30 vezes nos últimos 15 anos nos EUA, e 40% deles são boomers. Interessante dar uma olhada aprofundada nos dados disponíveis da pesquisa 😉

Soy Beans & Milk

Mercado global de leite vegetal deve chegar a US$ 68 bilhões até 2030

O leite vegetal caiu de vez nas graças do povo. Não é a toa que uma pesquisa da Precedence Research, consultoria e pesquisa de mercado, prevê que o mercado global do leite vegetal vai chegar a US$ 68 nilhões até 2030. E sabe por quê o mercado de leites à base de planta são um sucesso? O relatório apontou que para além do notável crescimento do público vegano, a indústria também leva vantagem em relação ao leite de vaca naquela parcela da população que quer emagrecer ou está de dieta. Com menos calorias e suplementado com as vitaminas e os minerais necessários, não há menor dúvida de que esse produto deve ser observado como um caso de sucesso da indústria vegana que conseguiu se popularizar a ponto de substituir um hábito de consumo galgado por tantos anos. 

PREPARADO PARA ASSUMIR O COMPROMISSO VEGANUARY?

Veganuary é o maior movimento pelo veganismo no mundo, inspirando pessoas a experimentar o veganismo em janeiro e pelo resto do ano